Transferência de franceses condenados no Chade está em curso

Ministério de Justiça francês informou sobre extradição dos 6 membros da ONG 'Arca de Zoé' nesta sexta

Efe,

28 de dezembro de 2007 | 11h41

A operação de transferência para a França dos seis membros da ONG francesa "A Arca de Zoé", condenados no Chade a oito anos de trabalhos forçados por terem tentado sair do país africano com 103 crianças, está "em curso", informou nesta sexta-feira, 28, o Ministério de Justiça francês.   A titular de Justiça francesa, Rachida Dati, recebeu o "acordo oficial" de seu colega chadiano para a transferência dos seis membros, indicou o Ministério em um breve comunicado.   A transferência acontece no dia seguinte que o governo francês pediu formalmente ao do Chade, em virtude do convênio bilateral de cooperação judicial de 1976 que permite aos condenados em um dos dois países cumprir sua pena no outro.

Tudo o que sabemos sobre:
ChadeA Arca de Zoé

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.