Trânsito na China mata mais de 50 pessoas desde sexta

Mais de 50 pessoas morreram em quatro acidentes graves na China, desde sexta-feira (01), quando milhões de chineses deslocam-se por conta das comemorações do Ano Novo Lunar. Veículos lotados, condutores imprudentes e más condições das estradas do país têm provocado mortes no trânsito.

EQUIPE AE, Agência Estado

02 de fevereiro de 2013 | 13h46

Na província de Guizhou, 13 pessoas morreram após um ônibus lotado despencar de uma encosta de 100 metros de altura, informou a agência estatal de notícias Xinhua neste sábado. Dos sobreviventes, 11 estão em estado grave. De acordo com a Xinhua, com autorização para levar até 19 passageiros, o veículo transportava 34 pessoas.

Ontem (01), no sul da província de Sichuan, outro ônibus caiu, matando 11 pessoas, de acordo com o governo do condado de Gulin. Em outro acidente, à noite, no noroeste da província de Gansu, um ônibus saiu da estrada, rolou por uma ladeira e pegou fogo, matando 18 pessoas e ferindo outras 32. Também na sexta-feira, na província de Henan, 10 pessoas morreram após um caminhão carregado de fogos de artifício explodir. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
chinatrânsitomortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.