´Trégua´ na violência em Bagdá é temporária, diz general

A violência em Bagdá diminuiu com a chegada de milhares de soldados norte-americanos e iraquianos à cidade, mas a trégua deve ser temporária. Segundo o major-general Joseph Fil, comandante da Divisão Multinacional de Bagdá, ela deve durar apenas enquanto os insurgentes avaliam a situação. "Eles estão nos observado com cuidado", avalia Fil. "Há um clima de suspense em toda a cidade, ou de expectativa, se preferir, e achamos que não há dúvida - muitos desses extremistas estão quietos observando para ver o que e como faremos." "Não acreditamos que isso vá continuar", disse Fil de Bagdá, por teleconferência, a repórteres que estavam no Pentágono. "Nossa expectativa é que haja dias difíceis à frente. Esse inimigo tem uma sede de sangue como nunca vi em nenhum lugar". Segundo Fil, os ataques em Bagdá diminuíram significativamente, e nenhum dos ataques dos últimos dois dias atingiram as forças da coalizão. Há hoje cerca de 112 mil soldados norte-americanos e iraquianos em Bagdá, concluiu o major-general.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.