Trem de passageiros estava perto da explosão, diz jornal

A explosão causada pelas colisão entre dois trens carregados de combustível, na região da Coréia do Norte perto da fronteira com a China, ocorreu com um trem lotado de passageiros estacionado nas proximidades, diz o jornal sul-coreano JoongAng Ilbo. Um edifício de cinco andares próximo à estação foi arrasado, disse uma fonte chinesa ao jornal Kyunghyang Shinmun, também da Coréia do Sul.A Coréia do Norte é um dos países mais fechados do mundo, e é improvável que a mídia local trate rapidamente do acidente. As linhas telefônicas internacionais foram cortadas na área, para impedir o vazamento de informações. Estima-se em mais de 3.000 o número de vítimas da explosão.O líder norte-coreano Kim Jong Il teria passado pela mesma ferrovia ao retornar de uma visita à China nove horas antes da explosão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.