Trem descarrila ao sul do Cairo, causa a morte de 19 militares e fere 117

O descarrilamento de um trem ontem, ao sul do Cairo, deixou pelo menos 19 soldados egípcios mortos. O veículo viajava da região de Assiut, no centro do Egito, para a capital com mais de 1.300 militares a bordo no momento da colisão. O primeiro-ministro egípcio, Hisham Qandil, visitou o local do acidente e afirmou que 117 pessoas ficaram feridas - algumas em estado grave.

O Estado de S.Paulo

16 de janeiro de 2013 | 02h00

O presidente do Egito, Mohamed Morsi, esteve com vítimas levadas a um hospital militar do Cairo. "Este é um dia triste para os egípcios. Envio minhas condolências às famílias dos mártires que cumpriam seu dever nacional", disse Morsi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.