CNA PHOTO/AFP
CNA PHOTO/AFP

Trem descarrila em Taiwan e deixa ao menos 22 mortos e mais de 170 feridos

Composição saiu dos trilhos em curva e bateu em poste; soldados trabalham no resgate dos corpos, mas chegada da noite no país dificulta os trabalhos

O Estado de S.Paulo

21 de outubro de 2018 | 11h11

TAIPÉ – Pelo menos 22 pessoas morreram e mais de 170 ficaram feridas depois que um trem descarrilou perto de Taipé, no norte de Taiwan, anunciou neste domingo, 21, o governo taiwanês em comunicado oficial.  

O trem expresso Puyuma, que levava mais de 366 passageiros do subúrbio de Taipei para a cidade de Taitung, na costa sudeste de Taiwan, descarrilou por volta das 16h50 no horário local (5h50 em Brasília). O número de feridos já chega a 171, segundo informações do Serviço Nacional de Bombeiros.

Ao menos 120 soldados se juntaram aos bombeiros para trabalhar no resgate dos passageiros que ficaram dentro dos vagões e na remoção dos corpos para a identificação. No entanto, a chegada da noite no país dificulta os trabalhos. As equipes de salvamento tiveram dificuldades para entrar nos vagões devido às deformações nas portas e na fuselagem, e foi necessário o uso de maçaricos para abrir saídas para os passageiros.

Horas depois do acidente, um dos oito carros do trem foi encontrado capotado, com toda a lateral destruída. Alguns passageiros morreram esmagados imediatamente após o choque, disse o porta-voz do ministério de Defesa Nacional, Chen Chung-chi. Não há informações de quantas pessoas ainda estão presas nos vagões. 

A composição virou depois que saiu da estrada de ferro em uma curva e se chocou contra um poste de cimento. A causa do acidente está sendo investigada. 

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.