Reuters
Reuters

Três acidentes de carro deixam 56 mortos na China em dois dias

Segundo agência oficial de notícias, segurança nas estradas é grave problema no país

AE, Agência Estado

27 de agosto de 2012 | 11h42

PEQUIM - O choque de uma van com um caminhão nesta segunda-feira, 27, no noroeste de China, matou 9 pessoas e elevou o número de mortos para 56 em três grandes acidentes nas perigosas estradas do país nos últimos dois dias. O acidente mais recente aconteceu na província de Shaanxi ao amanhecer, informou a agência oficial de notícias Xinhua, sem dar mais detalhes.

Veja também:

link Total de vítimas em colisões na China sobe para 47

link Colisão entre ônibus e caminhão-tanque deixa ao menos 36 mortos na China

No domingo, 36 pessoas morreram queimadas quando um ônibus de dois andares bateu contra um caminhão-tanque que carregava metanol em outra estrada de Shaanxi, provocando o incêndio dos dois veículos. Segundo a Xinhua, 39 pessoas estavam no ônibus quando o acidente aconteceu e apenas três delas sobreviveram e foram hospitalizadas; não foi informado o estado de saúde delas.

Em outro acidente ocorrido no domingo, 11 pessoas morreram e uma ficou seriamente ferida quando uma van se chocou contra um caminhão na província de Sichuan, sudoeste da China, mas a Xinhua não forneceu detalhes sobre o acidente.

A segurança das estradas é um sério problema na China. Segundo a agência de notícias, a má manutenção das estradas e hábitos ruins à direção resultam em cerca de 70 mil mortos e 300 mil feridos a cada ano.

Com AP

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaacidentesestradas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.