Três departamentos da Bolívia realizarão segundo turno

Governadores de Tarija, Chuquisaca e Beni serão definidos em maio; partido de Evo já elegeu quatro governadores

LA PAZ, O Estado de S.Paulo

07 de abril de 2015 | 02h05

O Tribunal Supremo EleitoraL (TSE) da Bolívia concluiu ontem a apuração das eleições regionais no país. Três departamentos ( Estados) disputarão segundo turno: Tarija, Beni e Chuquisaca. Em Tarija, o último departamento a concluir a apuração, o opositor Adrian Oliva obteve 45,45% dos votos e enfrentará Pablo Canedo, apoiado pelo presidente Evo Morales, que teve 36,16%.

O segundo turno está marcado para 3 de maio. Oliva preside a Aliança Parlamentar Democrática da América que, no ano passado, reuniu assinaturas de diversos congressistas sul-americanos para apresentar na Corte Internacional de Haia, Holanda, uma denúncia na qual acusa o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, de violação dos direitos humanos.

O opositor contava com uma vitória ainda no primeiro turno, mas não conseguiu a maioria absoluta, pois ele precisava ter de 40% a 50% dos votos com uma vantagem de 10 pontos porcentuais sobre o rival.

Dos nove departamentos bolivianos, o Movimento ao Socialismo (MAS), partido de Evo, ganhou no primeiro turno em quatro: Pando, Cochabamba, Oruro e Potosi. A oposição venceu em La Paz e Santa Cruz.

O MAS venceu o primeiro turno em Chuquisaca.

Cúpula. Ainda ontem, Evo prometeu discutir na Cúpula das Américas, que começa na sexta-feira no Panamá, a reivindicação boliviana por uma saída para o mar. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.