Três detidos pelo seqüestro e assassinato dos irmãos Fadull

O ministro de Interior e Justiça da Venezuela, Jesse Chacón, informou nesta sexta-feira que três pessoas foram detidas pelo seqüestro e o assassinato dos irmãos John, Kevin e Jeason Fadull, de 17, 13 e 12 anos, respectivamente. "Já foram apresentadas pela Promotoria três pessoas envolvidas no caso. São três pessoas que pertencem ao grupo que de alguma maneira os mantinha em cativeiro na região de Yare, no Estado de Miranda", declarou Chacón aos jornalistas. Junto com os irmãos Fadull foi seqüestrado e assassinado o motorista da família, Miguel Rivas, de 30 anos. Os corpos dos quatro foram achados na terça-feira, com marcas de tiros na nuca, em Yare, a cerca de 40 quilômetros de Caracas. Chacón contou que o grupo que supostamente seqüestrou os irmãos Fadull e o motorista da família é integrado por cinco pessoas. O ministro disse ainda que a polícia Judicial (CICPC) espera deter "nas próximas horas" os outros dois integrantes da quadrilha e, assim, "terminar de reconstituir este fato que enlutou a sociedade venezuelana". Segundo o promotor-geral, Isaias Rodríguez, pelo menos três agentes da Polícia Metropolitana, a mais importante de Caracas, estariam envolvidos no crime. Outros casos Chacón também se referiu ao seqüestro e homicídio ocorridos na semana passada do rico empresário ítalo-venezuelano Filippo Sindoni, de 74 anos. O ministro disse que o caso está praticamente resolvido e que, nas últimas horas, uma outra pessoa, a sexta, foi detida por seu envolvimento no caso, que será apresentado pela Promotoria à Justiça nas próximas horas. Ele também confirmou que foram resgatadas "sãs e salvas" uma mulher e suas duas filhas seqüestradas na quarta-feira no estado de Monagas, no leste do país, por quatro homens. Segundo o Chacón, a comerciante Marbiria Fortuna, de 3 anos, e suas filhas Maribi, de 8, e Asdribeth, de 3, fugiram do seu cativeiro nesta madrugada, sendo resgatadas na fuga por policiais do estado de Monagas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.