, O Estado de S.Paulo

23 de setembro de 2010 | 00h00

Três franceses foram sequestrados ontem no campo petrolífero de Addax, em águas nigerianas. Nenhum grupo assumiu a autoria da ação, mas autoridades suspeitam de piratas. Os sequestradores usaram lanchas para chegar perto da embarcação - um navio auxiliar de petroleiros, que transportava 16 funcionários. O ataque ocorreu seis dias após o sequestro, no Níger, de cinco franceses em uma ação reivindicada pela Al-Qaeda do Magreb Islâmico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.