Três funcionários de comissão eleitoral são mortos em Bagdá

O porta-voz da Comissão Eleitoral Independente do Iraque confirmou que três funcionários do organismo foram mortos a tiros hoje de manhã numa praça do centro de Bagdá. "Recebemos a comunicação da polícia e enviamos uma equipa ao local para identificar os cadáveres. Eram três trabalhadores de uma seção da nossa organização", disse Farid Ayar. Segundo o relato de Ayar, homens armados abriram fogo contra os três funcionários na praça de Talaei, próxima da Rua de Haifa, bastião da resistência na capital iraquiana.A Comissão Eleitoral emprega milhares de pessoas, encarregadas da organização das eleições marcadas para o próximo dia 30 de Janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.