Três homens são detidos no aeroporto de Roma

Três passageiros a bordo de um vôo da KLMvindo de Amsterdã foram detidos hoje no aeroporto Leonardo da Vincide Roma, porque um deles teria dito que o aviãoestava sendo seqüestrado e depois acrescentou rapidamente que setratava de uma brincadeira, informou um alto funcionário daempresa aérea. "Sim, foi uma piada, mas, nesse momento, não achamos essetipo de brincadeira muito engraçado", disse o porta-voz da KLM,Bart Koster, à Associated Press em Amsterdã. Autoridades que estavam no aeroporto confirmaram que trêshomens foram detidos, mas não deram outros detalhes. A agência de notícias italiana Apcom disse que os homenseram árabes e acreditava-se que fossem egípcios, embora suas identidades aindaestivessem sendo verificadas. A Apcom, citando os investigadores, afirmou que, no final daviagem do vôo 1501, um dos três homens dirigiu-se à cabine dopiloto e disse: "Isto é um seqüestro", e imediatamente explicouque estava brincando. "Não posso explicar exatamente o que aconteceu porque são questões confidenciais", disse Koster."Esse tipo de incidente acontece com certa freqüência, e algunspiadistas não compreendem que uma afirmação dessas é muitodelicada".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.