Três iranianas seqüestradas são libertadas no Iraque

Três peregrinas iranianas que haviam sido seqüestradas ao norte de Bagdá foram libertadas, mas a polícia continua em busca de sete homens que as acompanhavam informou neste domingo o governador de Salahuddin, Hamed Hammoud Shightay.O grupo de dez iranianos foi seqüestrado por homens armados que interceptaram o ônibus no qual viajavam entre as cidades de Balad e Samarra, ambas ao norte de Bagdá. Eles visitavam locais sagrados para os muçulmanos xiitas. O seqüestro ocorreu na quinta feira. O motorista do ônibus e um peregrino foram mortos no ato do seqüestro.A polícia encontrou as mulheres na noite de sábado, depois que elas foram libertadas perto de um povoado chamado Ain al-Faras. Entretanto, o paradeiro dos outros sete reféns ainda é desconhecido. Os seqüestradores roubaram jóias e dinheiro que estavam com as mulheres.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.