Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Três iraquianos mortos em conflitos com americanos

Manifestantes iraquianos portando retratos de Saddam Hussein enfrentaram tropas americanas e tanques num subúrbio de Bagdá, quando uma disputa sobre um mercado de rua expolodiu em fúria antiamericana. Dois iraquianos foram mortos e 17, feridos.Em Faluja, uma explosão atingiu o gabinete do prefeito, um colaborador da ocupação. Na confusão que se seguiu, um iraquiano foi morto. Mais tarde, tropas dos EUA foram atacadas no mesmo local.Ao mesmo tempo, uma associação de clérigos muçulmanos iraquianos emitiu declaração condenando a colaboração com os EUA como pecaminosa. ?Apoiá-los é apostasia?, diz o texto. Em Bagdá, panfletos assinados pelo Partido Baath, que apoiava o governo de Saddam, convocam um "dia de resistência" e uma greve geral contra a ocupação americana neste fim de semana. Em resposta, as autoridades americanas pediram que fosse "mantido um alto grau de vigilância".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.