Três israelenses são mortos em assentamento judeu

Um extremista palestino matou a tiros uma mulher e duas crianças israelenses no assentamento judeu de Hermesh, próximo de Jenin, na Cisjordânia, na noite desta terça-feira, disse o Exército israelense. O agressor foi morto a tiros por soldados israelenses que vigiam o assentamento. Segundo as informações, a mulher e uma menina morreram logo após o incidente e a outra vítima, uma menina de 12 anos, morreu na manhã desta quarta-feira. Testemunhas disseram que o palestino estava fortemente armado e atirou indiscriminadamente contra uma casa do assentamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.