Três jornalistas morrem afogados ao voltar lancha em rio siberiano

Os jornalistas faziam parte de uma equipe que há uma semana reunia material para uma reportagem

EFE,

05 de julho de 2009 | 05h07

Três jornalistas de uma rede de televisão regional russa morreram afogados no rio siberiano Obi depois que a lancha em que viajavam virou, informaram neste domingo, 5, fontes do Ministério da Rússia para Situações de Emergência.

 

O acidente aconteceu na noite de sábado junto a localidade de Gornokaziavkae, segundo dados preliminares, se deveu à más condições do tempo nessa região, disse à agência "Interfax" um porta-voz do departamento local de Emergência.

 

Os jornalistas faziam parte de uma equipe que há uma semana reunia material para uma reportagem sobre as inundações e a vida dos pescadores do Obi.

 

Outros três comunicadores e os três tripulantes da lancha sobreviveram ao acidente.

 

O Obi, de 5.410 quilômetros de longitude, é o rio mais extenso da Rússia.

Tudo o que sabemos sobre:
naufrágiojornalistasmortos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.