Três jornalistas são feridos em bombardeio no Afeganistão

Três membros da equipe do canal de televisão National Geographic foram feridos no sul do Afeganistão no último fim de semana em um bombardeio que matou um soldado americano e deixou mais oito feridos, segundo afirmou um oficial nesta quinta-feira. Os três jornalistas americanos, feridos na explosão na província de Uruzgan no último sábado, não correm risco de morte, segundo o porta-voz do Exército americano major Matt Hackathorn. O oficial não divulgou seus nomes. Um soldado americano morreu no bombardeio, segundo o Departamento de Defesa. Outros oito soldados e um intérprete ficaram feridos. Dois dos membros da equipe do National Geographic, o produtor e o câmera, foram levados de avião para a Alemanha, onde receberão tratamento para ferimentos no rosto, disse Hackathorn. O sonoplasta da equipe sofreu uma ruptura no tímpano; ele continua no Afeganistão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.