Três mil soldados da Otan desembarcam perto de Cabul

Milhares de soldados norte-americanos, que originalmente seguiriam para o Iraque, desembarcaram ao sul da capital afegã, o primeiro sinal do novo direcionamento do foco militar nos confrontos no país do sul da Ásia, informou a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) hoje. Cerca de 3 mil soldados norte-americanos da 3ª Brigada de Combate da 10ª Divisão de Montanha do Forte Drum, Nova York, foram para as províncias de Logar e Wardak, ao sul de Cabul, informou a aliança militar. Eles servirão como parte da força de 55 mil homens da Otan no país. Os últimos desembarques indicam uma mudança no foco das operações militares do Iraque para o Afeganistão, onde os Estados Unidos e seus aliados tentam reverter a situação após os ganhos conquistados pelo Taleban e apoiar o governo do presidente Hamid Karzai. Espera-se que o presidente Barack Obama duplique o número das tropas norte-americanas no Afeganistão neste ano. O país se tornou uma das prioridades de política externa norte-americana.Há cerca de 70 mil soldados estrangeiros no Afeganistão, dentre eles 33 mil norte-americanos, o maior número desde que o Taleban foi deposto do poder após a invasão dos Estados Unidos em 2001. A maioria desses soldados, incluindo a nova brigada, luta sob o comando da Otan, cuja força é liderada por um general de quatro estrelas dos Estados Unidos. O ano de 2008 foi o mais mortífero para tropas estrangeiras desde a invasão, com 286 baixas, ante 222 do ano anterior. A Otan informou que dois soldados foram mortos terça-feira no sul afegão. A nova brigada havia sido originalmente destinada a desembarcar no Iraque, mas foi oficialmente encaminhada para o Afeganistão em setembro, informou a Otan em comunicado. Esses novos soldados não fazem parte dos planos de Obama de enviar mais 30 mil soldados para o país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.