Três montanhistas amadores russos morrem durante escalada

Pelo menos três alpinistas amadores russos, de um grupo de quatro, morreram quando tentavam atingir topo do monte Kurumdú, de 3.860 metros, na cordilheira de Chuya, região siberiana de Altai, na fronteira com a China, informou neste sábado o Ministério de Emergências da Rússia.As autoridades locais receberam ontem um telefonema de um dos alpinistas, que usou seu celular para informar a morte de dois membros do grupo que haviam sofrido uma queda. Ele também disse que o terceiro companheiro estava inconsciente, informou um porta-voz do ministério à agência Interfax.Horas depois, o sobrevivente voltou a telefonar, dizendo que o companheiro inconsciente acabava de morrer. Uma equipe de socorro, com seis montanhistas profissionais, partiu da localidade de Gorno-Altaisk rumo ao local.Segundo dados preliminares, os quatro montanhistas eram inexperientes e não haviam avisado ao serviço local de socorro sobre seus planos de escalada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.