David Guttenfelder/AP Photo
David Guttenfelder/AP Photo

Três morrem e outros 75 são feridos em explosões em Bangcoc

Segundo porta-voz das froças armadas as explosões seriam de granadas

EFE

22 de abril de 2010 | 12h26

BANGCOC - Uma série de cinco explosões ocorridas nesta quinta-feira, 22, no distrito financeiro de Bangcoc provocaram a morte de três pessoa e ferimentos em pelo menos outras 75, segundo declarações do Centro de Emergências da Tailândia e funcionários de três hospitais aonde foram atendidos os feridos.

 

Não ficou claro de imediato quais foram as causas das explosões que estremeceram vários lugares na área cercada por soldados fortemente armados e repleta de bancos, edifícios empresariais e hotéis. Segundo o governo, as granadas foram atiradas pelos próprios manifestantes que protestam contra o primeiro-ministro Abhsit Vejajjiva.

 

Um porta-voz das forças armadas disse que as explosões foram de granadas M-79. O vice-premiê,

Suthep Thaugsuban, informou que o governo estuda a tomada de medidas drásticas contra os manifestantes, que protestam há semanas na cpaital tailandesa.

 

Centenas de soldados armados foram enviados na segunda-feira para a área para impedir que milhares de manifestantes oposicionistas que realizavam um protesto em um local próximo também estendessem seus protestos ao distrito financeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.