Três pessoas morrem e sete ficam feridas em ataques no Iraque

Pelo menos três iraquianos, entre eles dois policiais, morreram neste sábado e outros sete ficaram feridos em ataques perpetrados no norte e no oeste de Bagdá, segundo fontes policiais iraquianas.Segundo as fontes, um policial morreu e outro ficou ferido quando ambos foram atacados por um grupo de insurgentes em Mossul, 400 quilômetros ao norte de Bagdá.Outro policial morreu e mais um ficou ferido quando o posto de controle onde estavam foi atacado, em Faluja, a 55 quilômetros do oeste da capital.Na cidade de Al-Huwaija, a 210 quilômetros do norte de Bagdá, a explosão de uma bomba diante de uma loja no centro do principal mercado da cidade matou um civil e deixou outros cinco com ferimentos de diferentes graus, acrescentaram as fontes.Por outro lado, membros dos exércitos dos Estados Unidos e do Iraque detiveram três supostos dirigentes dos "esquadrões da morte" de Bagdá, informou neste sábado o comando militar americano.Segundo um comunicado militar, os três foram detidos nesta sexta-feira e são acusados de participar, em junho, do assassinato de várias famílias iraquianas no bairro Al-Jihad, da capital.O texto acrescenta que as tropas da coalizão apoiaram as forças iraquianas, que detiveram os três supostos insurgentes no bairro Al-Rachid sem encontrar resistência.Em outro comunicado, o comando militar anunciou que forças conjuntas iraquiano-americanas encontraram, nesta sexta-feira, três mísseis ar-terra, uma bomba e vários explosivos em um edifício que pertence aos seguidores do clérigo rebelde xiita Moqtada al-Sadr no bairro Al Nour, no norte de Bagdá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.