Três pessoas são mortas a tiros em enterros no Egito

Três pessoas foram mortas na cidade egípcia de Port Said no domingo, quando milhares de pessoas participavam dos enterros de 33 pessoas que morreram nos protestos durante o fim de semana, disse uma autoridade do hospital do porto mediterrâneo.

Reuters

27 de janeiro de 2013 | 15h24

O responsável pelos hospitais de Port Said, Abdel Rahman Farag, disse à Reuters que três pessoas foram mortas por ferimentos de bala.

Um dos mortos era um rapaz de 18 anos de idade, mas ele não tinha maiores detalhes sobre as outras duas vítimas.

Farag disse também que mais de 416 pessoas ficaram feridas devido à inalação de gás lacrimogêneo, enquanto 17 foram feridos por tiros.

Muitas das 33 pessoas que morreram na cidade no sábado foram mortas a tiros.

Tudo o que sabemos sobre:
EGITOMORTES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.