Três policiais e 16 talibãs morrem em confrontos no Afeganistão

Dezesseis talibãs e três policiais afegãos morreram em um confronto ocorrido no sul do Afeganistão.Yousif Stanizai, porta-voz do Ministério do Interior, informou que o confronto começou no domingo à noite, quando um grupo de 50 homens armados atacou o quartel-general da Polícia na localidade de Garmser, na província de Helmand."O choque durou duas horas. Dezesseis talibãs foram mortos e outros cinco foram detidos", disse Stanizai. O porta-voz acrescentou que os agressores fugiram deixando para trás armas e os corpos dos companheiros mortos."Além disso, três policiais afegãos morreram no incidente e outros seis ficaram feridos", acrescentou o porta-voz.O choque ocorreu horas após a Força Internacional de Assistência à Segurança no Afeganistão (Isaf), sob comando da Otan, informar que aproximadamente 200 talibãs foram mortos em Kandahar, também no sul do país.A Isaf lançou no sábado a operação Medusa, destinada a expulsar os centenas de talibãs que se instalaram em maio na região de Panjawayi e permitir que os milhares de deslocados retornem a suas casas.Nos últimos dois dias quatro soldados canadenses da Isaf morreram em confrontos com rebeldes e 14 militares do contingente britânico perderam a vida na queda do avião no qual viajavam.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.