Três são retirados de escombros de mercado no Haiti

Cinco dias após o terremoto, as equipes de resgate continuam retirando pessoas com vida dos escombros. Ao menos quatro sobreviventes foram salvos ontem: três haitianos no supermercado Caribbean, um dos maiores da cidade, e uma francesa no Hotel Christopher, encontrada por brasileiros.

AE, Agencia Estado

18 de janeiro de 2010 | 08h46

A equipe trabalhava nos escombros do hotel por volta das 6 horas quando ouviu alguém batendo no concreto. O tenente Jefferson Porto, do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, mandou desligar a escavadora e pediu silêncio. Tratava-se de uma francesa. "Ela falava calmamente, sem nenhum sinal de desespero", contou Porto. Uma equipe francesa assumiu o resgate.

Três militares brasileiros continuavam ontem sob os escombros do hotel, do qual foi retirado no sábado o corpo do representante-adjunto da Organização das Nações Unidas (ONU) em Porto Príncipe, Luiz Carlos da Costa. A operação está a cargo de 31 bombeiros do Rio. No sábado foram retirados 12 corpos do Christopher.

No Caribbean, bombeiros americanos resgataram três haitianos na madrugada de ontem: uma menina de 7 anos, um homem de 34 e uma mulher de 50. Sessenta bombeiros da Flórida trabalhavam na retirada de um homem e uma mulher, a quem haviam dado água através de um buraco na laje do mercado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
Haititerremotoresgatemercado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.