Três terremotos deixam 17 mortos no oeste do Irã

Três terremotos registrados nas últimas horas na região oeste do Irã deixaram pelo menos 17 mortos e cerca de 200 feridos, segundo balanços provisórios divulgados por meios de comunicação iranianos, que citam como fontes autoridades locais. O primeiro sismo, que atingiu as cidades de Boroujed e Doroud, foi registrado às 18h35 (de Brasília) de quinta-feira, segundo o serviço sismológico dos Estados Unidos. A agência de notícias "Irna" informou que o tremor de maior magnitude entre os três observados no oeste do Irã atingiu seis graus na escala Richter. Os outros foram de 5,1 graus e 4,7 graus. O primeiro terremoto que abalou o oeste do Irã causou pânico entre os habitantes da região, que abandonaram suas casas, segundo as autoridades. As comunicações telefônicas foram interrompidas. As equipes de resgate, segundo as emissoras locais, teriam resgatado mais de 20 corpos na cidade de Silakhor, ao norte de Doroud. Segundo o serviço sismológico americano, o epicentro do maior dos três sismos foi localizado a 45 quilômetros da cidade de Khorramabad.

Agencia Estado,

31 Março 2006 | 03h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.