Três terroristas morrem em combates na Caxemira

Três supostos membros do grupo terrorista Lashkar-Toiba (LeT), baseado na Caxemira paquistanesa, morreram em combates com o Exército e a Polícia no distrito de Doda, no estado indiano de Jammu e Caxemira, informou uma fonte oficial nesta quinta-feira. O combate aconteceu na noite de quarta-feira, quando as forças de segurança lançaram uma operação para localizar supostos terroristas, afirmou a agência indiana PTI. As autoridades recuperaram dois corpos dos supostos terroristas, identificados como Ashiq Hussain e Shabhir Ahmed. O do terceiro ainda não foi localizado, acrescentou a PTI. O Lashkar-e-Toiba (Exército da Pureza) é um dos principais grupos terroristas islâmicos que atuam na Caxemira para conseguir a independência da parte indiana do território ou sua anexação ao Paquistão. Um militar indiano morreu hoje e outra pessoa ficou ferida num ataque de dois supostos militantes separatistas no distrito de Rajouri, na mesma região. Os rebeldes invadiram a casa do militar e deram vários tiros. A região da Caxemira, cuja população é majoritariamente muçulmana, é disputada por Índia e Paquistão desde a partilha dos dois países em 1947, após sua independência do Reino Unido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.