Três viúvas de Bin Laden são indiciadas

As autoridades do Paquistão acusaram três viúvas de Osama bin Laden, líder da Al-Qaeda morto em maio, de entrar e viver ilegalmente no país, informou ontem o Ministério do Interior paquistanês. As três mulheres e pelo menos 10 filhos estavam entre as 16 pessoas detidas durante a investida dos EUA contra a residência do saudita em Abbottabad, que culminou com sua morte dez meses atrás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.