Treze pessoas morrem em combates no Iêmen

Pelo menos treze pessoas morreram, e um número indeterminado ficou ferido, durante três dias de enfrentamentos no norte do Iêmen entre as forças do governo e os partidários de um clérigo rebelde.Segundo fontes da segurança iemenita os enfrentamentos mataram cinco soldados e oito rebeldes nesta sexta-feira.Os confrontos foram registrados na província de Saada entre seguidores do clérigo xiita Badrudin Al Houti, que morreu no final de 2004, após ser capturado pelo exército iemenita, e membros do corpo de segurança do Estado.Centenas de soldados e seguidores de Al Houti morreram desde o início da revolta, em 2004, quando os seguidores do clérigo começaram um levante para mostrar sua oposição às estreitas relações entre o governo iemenita e os Estados Unidos.Em novembro passado, 12 policiais morreram em um enfrentamento ocorrido na mesma zona, quando um grupo de homens armados fez uma emboscada contra um comboio de uma patrulha policial na região de Saada, ao norte da capital iemenita.Os xiitas são minoria no Iêmen, país muçulmano sunita situado no sul da Península Arábica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.