Treze pessoas são mortas na Indonésia

Treze pessoas foram mortos por conta da violência na província de Aceh, na Indonésia, informou hoje a polícia local. Segundo o major Sudarsono, as forças de segurança indonésias mataram cinco rebeldes em um tiroteio em um subúrbio da capital da província, Banda Aceh, e dois civis foram encontrados mortos perto do local do tiroteio.No norte de Aceh, um rebelde lançou três bombas caseiras contra policiais e foi morto. Um outro policial, por sua vez, foi assassinado por rebeldes. Um casal e seu filho também foram encontrados mortos por facadas e tiros em uma praia de Banda Aceh. A polícia não tem pistas sobre possíveis assassinos nem os motivos que provocaram o crime. Um outro civil foi encontrado morto a oeste de Aceh, disse Sudasorno.As últimas mortes elevam para 638 o número de mortos por causa dos grupos separatistas da região apenas neste ano, como o Free Aceh Movement (Movimento Aceh Livre). Os rebeldes estão lutando desde 1975 pela independência da província, cuja economia é baseada na extração de petróleo e gás natural e fica, aproximadamente, a 1.750 quilômetros a noroeste de Jacarta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.