Trezentos imigrantes estão desaparecidos em alto-mar na Índia

Equipes de resgate indianas conseguiram resgatar 99 pessoas nas águas das ilhas Andaman

Efe,

29 de dezembro de 2008 | 06h30

Equipes indianas de resgate estão tentando localizar cerca de 300 imigrantes desaparecidos em alto-mar, após resgatar uma centena deles em um bote à deriva em águas das ilhas Andaman, no oriental Golfo de Bengala. "Estamos realizando trabalhos de busca no litoral e as ilhas próximas para ver se podemos localizar mais pessoas, mas por enquanto os resultados são infrutíferos", declarou por telefone o diretor-geral da Polícia de Andaman, Ranjith Narayan. Os imigrantes resgatados iam a bordo de um bote à deriva com apenas um pacote de comida, e a Polícia está ainda determinando seus pontos de origem e destino, assim como o momento quando embarcaram. "Possivelmente saíram de Bangladesh com destino à Tailândia, mas estamos investigando se dizem a verdade ou se trata apenas de um estratagema", disse o diretor. Alguns sobreviventes que se recuperam em hospitais das ilhas Andaman declararam à Polícia que cerca de 400 pessoas embarcaram em vários botes em uma ilha desabitada, embora a Polícia não tenha conseguido localizar o resto das embarcações.

Tudo o que sabemos sobre:
naufrágioÍndia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.