Tribo do Paquistão renega agentes da Al-Qaeda

Uma poderosa tribo paquistanesa, acusada de abrigar rebeldes foragidos da Al-Qaeda, ordenaram que os seguidores de Osama bin Laden que se entreguem dentro de 24 horas ou enfrentem uma "ação maciça" de outros membros da tribo, anunciou um ancião. O ultimato vem à tona três dias antes de terminar um prazo dado pelo governo para que as tribos da remota região de fronteira entre o Paquistão e o Afeganistão entreguem membros da Al-Qaeda ou fiquem sujeitas à repressão do Exército. Numa aparente ação preventiva, o alerta foi feito hoje a membros da tribo Zali Khel em uma reunião de anciãos em Wana, disse Malik Aslam, que participou do encontro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.