Tribunal britânico deve decidir destino de Assange na 4ª

O Supremo Tribunal do Reino Unido deve decidir na quarta-feira se aprova a extradição do fundador e editor-chefe do site WikiLeaks, Julian Assange, para a Suécia.

AE, Agência Estado

29 Maio 2012 | 15h36

Nos últimos dois anos, Assange tem lutado contra as tentativas de extradição para a Suécia, onde ele é acusado por crimes sexuais que teriam acontecido durante uma visita ao país no verão de 2010.

O australiano de 40 anos, mais conhecido pela revelação de centenas de milhares de documentos secretos norte-americanos, nega ter cometido os crimes.

Caso o tribunal decida extraditá-lo, Assange pode apelar ao Tribunal Europeu de Direitos Humanos, que tem histórico em negar extradições de figuras conhecidas durante anos.

Mas como a Suécia é um país europeu não está claro se uma apelação poderia impedir que ele seja extraditado. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.