Tribunal condena 3 uigures à pena de morte

Um tribunal na região de Xinjiang, noroeste da China, sentenciou à pena de morte três homens da etnia uigur - minoria que pratica o islamismo e luta contra o controle do governo central - que foram condenados por tentar explodir um avião comercial em junho. Os homens, da cidade de Hotan, são acusados de terem tentado sequestrar um avião da Tianjin Airlines e detonar explosivos. Eles foram contidos pelos passageiros e a tripulação, informou a agência de notícias oficial Xinhua.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.