Tribunal de Seul impõe multa a Apple e Samsung por violação de patentes

Aguarda-se agora o tribunal da Califórnia, que poderá fazer o mesmo em relação às duas empresas

Agência EFE,

24 de agosto de 2012 | 04h01

SEUL - Um tribunal da Coreia do Sul determinou nesta sexta-feira, 24, que tanto a Apple quanto a Samsung violaram patentes, entre si, em seus dispositivos móveis, prática que levará ao pagamento de multas e à retirada do mercado de alguns produtos com essas tecnologias.

 

O tribunal impôs uma multa de 40 milhões de wons (US$ 35,3 mil) à Apple por infringir duas patentes da Samsung, a maior fabricante de telefones celulares do mundo, segundo a sentença publicada pela agência sul-coreana "Yonhap". De acordo com o tribunal, a Apple teria violado tecnologia relativa a uma função que permite economizar energia e outra destinada a aumentar a eficácia na transmissão de dados.

 

Por outro lado, a Samsung teria infringido uma patente relativa ao manejo do dispositivo da Apple, pelo que terá de pagar 25 milhões de wons (US$ 22 mil). A sentença, segundo a imprensa local, supõe a retirada do mercado sul-coreano de alguns dispositivos antigos da Apple, mas não dos modelos mais recentes, pelo que os analistas indicam que a decisão não afetará as vendas do grupo americano na Coreia do sul.

 

Essa é a última novidade da batalha judicial entre as duas gigantes da tecnologia por respectivas patentes, e acontece enquanto se aguarda o veredicto de um tribunal da Califórnia que poderá impor multas multimilionárias às duas. A Apple denunciou a Samsung no ano passado nos Estados Unidos por considerar que a empresa sul-coreana copiara deliberadamente o design de seus dispositivos móveis para fabricar a sua seguinte geração de telefones e lançar seu tablet Galaxy Tab.

 

A Samsung respondeu com uma denúncia contra a Apple na qual assinalava que a companhia americana teria se apropriado sem permissão de sua tecnologia relativa a sistemas de comunicação wireless e câmeras fotográficas para telefones. A guerra legal entre as duas gigantes, que tem como cenário a disputa pelo rentável mercado dos smartphones, começou em abril de 2011, quando a Apple processou a Samsung e conseguiu a suspensão temporária das vendas de produtos da sul-coreana na Alemanha e na Austrália.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.