Tribunal do Egito adia decisão em julgamento de Mubarak

Um tribunal do Egito postergou a decisão até novembro sobre o julgamento do ex-presidente Hosni Mubarak, acusado de ser cúmplice nos assassinatos de manifestantes durante a onda de protestos de 2011.

AE, Estadão Conteúdo

27 de setembro de 2014 | 10h13

O juiz Mahmoud Kamel el-Rashid disse que o tribunal ainda está trabalhando para completar suas "justificativas" no caso contra Mubarak e outros acusados, indicando que já havia chegado a um veredicto.

"Este é um caso para a nação, não uma pequena disputa", disse o juiz em seu discurso de abertura. El-Rashid afirmou que quer "assegurar aos cidadãos e réus" que o tribunal estudou a fundo o caso.

Mubarak foi condenado à prisão perpétua pelas mesmas acusações em 2012, mas um juiz ordenou um novo julgamento. Mubarak foi o primeiro governante árabe a ser levado ao tribunal pelo seu próprio povo. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
egitoMubarak

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.