Tribunal iraquiano interroga Ali Químico, primo de Saddam

Ali Hassan al-Majid, um primo do ex-ditador Saddam Hussein também conhecido como Ali Químico, e o ex-ministro de Defesa Sultan Hashen Ahmed, dois homens fortes do antigo regime iraquiano, prestaram declarações neste sábado a um juiz de instrução na capital iraquiana.A audiência abre uma nova fase do julgamento de Saddam e de seus colaboradores por supostos crimes de guerra, genocídio e contra a humanidade.Uma das acusações que pesam sobre o primo de Saddam diz respeito ao envolvimento dele no uso de armas químicas contra os curdos iraquianos do norte do país durante a Guerra Irã-Iraque, no início da década de 80, o que lhe valeu o apelido de Ali, o químico.A iniciativa (inauguração da fase de depoimento dos réus no tribunal) integra uma das principais promessas do governo interino aos iraquianos que já estão em plena campanha para a realização das primeiras eleições democráticas do país, marcadas para 30 de janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.