Evan Vucci/AP
Evan Vucci/AP

Tribunal mantém veto à segunda versão de decreto migratório de Trump

Decisão de hoje em NY é a segunda de um tribunal de apelações contra o decreto; primeira foi emitida por um juiz da Virgínia e o governo já recorreu contra ela na Suprema Corte

O Estado de S.Paulo

12 de junho de 2017 | 14h42

Um Tribunal de Apelações Federal do Nono Distrito do Estado de Nova York manteve nesta segunda-feira, 12, o veto à segunda versão do decreto migratório do presidente americano, Donald Trump.

Para a Corte, Trump excedeu sua autoridade ao assinar o decreto, que proíbe a entrada de cidadãos de seis países de maioria muçulmana nos Estados Unidos: Líbia, Iêmen, Síria, Irã, Somália e Sudão. Além disso, proíbe a entrada nos EUA de refugiados.  

A decisão de hoje é a segunda de um tribunal de apelações contra o decreto. A primeira foi emitida por um juiz da Virgínia e o governo já recorreu contra ela na Suprema Corte.

Trump viu seu primeiro decreto - que incluía o Iraque e abria exceções para minorias cristãs e foi emitido em seus primeiros dias no cargo - ser derrubado na Justiça. Ele assinou uma nova versão do texto em meados de março na esperança de que ele não fosse barrado nos tribunais, mas isso não ocorreu. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.