Tribunal mexicano ordena a libertação de cidadã francesa

O Supremo Tribunal do México votou na quarta-feira pela libertação de Florença Cassez, uma francesa que alega ter sido, injustamente, condenada a 60 anos de prisão por sequestro. Nesta quinta-feira, Cassez já está voltando para a Paris após a conclusão do caso que criou tensões entre os dois países.

AE, Agência Estado

24 de janeiro de 2013 | 05h21

Dentre o grupo de cinco juízes, três votaram a favor da libertação e dois contra. A defesa Cassez alegou que houve erros processuais e violações de direitos durante a prisão. A francesa foi presa em 2005 e condenada por ajudar seu, então, namorado mexicano a gerenciar uma quadrilha de sequestro.

As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
MéxicoFrançaprisãolibertação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.