Tribunal na Holanda rejeita acusações contra Shell

Corte descarta maior parte das acusações de que empresa teria sido responsável por vazamentos na Nigéria.

BBC Brasil, BBC

30 de janeiro de 2013 | 08h21

Um tribunal na Holanda rejeitou nesta quarta-feira se a maior parte das alegações feitas contra a petrolífera Shell, que era acusada de responsabilidade por vazamentos de petróleo na Nigéria.

Quatro fazendeiros locais e o grupo ambientalista Friends of The Earth entraram com uma ação em 2008 na Holanda, onde fica a sede mundial da Shell, exigindo indenizações por vazamentos que que contaminaram terras e hidrovias do delta do Níger, no sul do país.

A corte acatou a defesa da Shell de que os vazamentos foram causados por sabotagem e não pelo mau estado de suas instalações, como afirmavam os nigerianos.

Mas o tribunal determinou que fosse paga compensação a um dos fazendeiros afetados pelo vazamento. Não foi divulgado o valor da quantia que será paga. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.