Tribunal nomeia Conselho Eleitoral na Venezuela

Abrindo caminho para a concretização do referendo reivindicado pela oposição sobre o mandato do presidente Hugo Chávez, o Tribunal Supremo de Justiça venceu mais um obstáculo a sua realização ao nomear nesta terça-feira os membros do Conselho Nacional Eleitoral (CNE).?Confiamos em que a decisão seja a melhor?, declarou Chávez ao aplaudir a designação dos cinco membros do CNE. A declaração foi feita por Chávez em cadeia de rádio e TV durante um ato no palácio presidencial por ocasião da visita do presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva. Tanto dirigentes governistas como opositores receberam hoje com satisfação a nomeação das autoridades do CNE, organismo que estava paralisado desde o início do ano depois que a Corte afastou de seus cargos os antigos dirigentes. A composição do novo CNE é considerada ?equilibrada?pelos analistas, por reunir dois representantes do governo, dois da oposição e um quinto membro independente que é o presidente do organismo, Francisco Carrasquero.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.