Tribunal ordena prisão de outro opositor

Um tribunal venezuelano ordenou ontem a prisão do dissidente Eduardo Minuitt, ex-governador do Estado de Guárico. Segundo sua filha, Lenny Minuitt, o ex-governador "passou à clandestinidade" por que sentia que sua "integridade física estava ameaçada". Ele é o segundo crítico de Chávez a ter sua prisão decretada esta semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.