Tribunal russo suspende sentença contra líder opositor

Alexei Navalny ficará em liberdade condicional; ele havia sido condenado a cinco anos de prisão

AE, Agência Estado

16 de outubro de 2013 | 09h10

MOSCOU - Um tribunal russo suspendeu nesta quarta-feira, 16, a sentença de prisão de cinco anos do líder da oposição Alexei Navalny. Ele ficará em liberdade condicional

Navalny foi condenado sob a acusação de peculato e condenado a cinco anos de prisão em 18 de julho, mas foi liberado no dia seguinte. O opositor foi um dos organizadores dos protestos de dezembro de 2011 - os maiores desde o fim da URSS.

Muitos consideraram que sua libertação na ocasião foi uma manobra para fazer com que a disputa para prefeito de Moscou parecesse o mais competitivo possível. Navalny recebeu 27% dos votos contra o candidato apoiado pelo Kremlin.

Um juiz do tribunal em Kirov, a 760 quilômetros de Moscou, leu a decisão nesta quarta-feira./ AP

Tudo o que sabemos sobre:
rússiaAlexei Navalny

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.