Triciclo-bomba deixa 2 mortos e 12 feridos no Paquistão

Atentado aconteceu em um movimentado mercado da cidade paquistanesa de Dadu, na província de Sind

EFE,

14 de fevereiro de 2010 | 08h41

Pelo menos duas pessoas morreram e 12 ficaram feridas neste domingo, 14, na explosão de uma bomba colocada em um triciclo de passeio que ocorreu em um movimentado mercado da cidade paquistanesa de Dadu, na província de Sind, sul do país, informou uma fonte policial. Segundo as primeiras investigações, há evidências de que se tratou de um atentado suicida.

 

O chefe de Polícia de Dadu, Raza Khoro, disse à emissora Geo TV que as autoridades estão trabalhando para determinar a natureza da explosão, ao passo que os feridos foram levados para um hospital próximo.

 

Atentados são pouco comuns na província de Sindh, exceto na capital Karachi, que durante os últimos meses registrou alguns ataques, especialmente contra a comunidade xiita.

 

Segundo um relatório recente do Instituto do Paquistão para Estudos de Paz, mais de 3 mil pessoas, a maioria civis, perderam a vida em 2009 em atentados terroristas, muitos deles reivindicados pelos talibãs paquistaneses.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistaoIslamabadatentado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.