Trio espacial pousa no Cazaquistão depois de atraso por tempo ruim

Uma cápsula russa Soyuz fez uma aterrissagem "no centro do alvo" nas estepes cazaques neste sábado, trazendo um trio russo-norte-americano da Estação Espacial Internacional, um dia depois que o pouso originalmente programado foi adiado devido ao mau tempo.

Reuters

16 de março de 2013 | 10h20

Kevin Ford, da Nasa, e os cosmonautas russos Oleg Novitskiy e Evgeny Tarelkin, que eram a tripulação do posto orbital de 100 bilhões de dólares desde outubro como a Expedição 34, pousaram sob um céu nublado às 7h06 no horário de Moscou, a nordeste da cidade de Arkalyk.

Eles passaram 144 dias a bordo da multinacional ISS em sua jornada espacial de quase 98 milhões de quilômetros.

"A aterrissagem foi energética e excitante", disse Novitskiy segundo a TV russa. A Nasa Television disse que as manobras de descida tinham sido perfeitas e que a cápsula tinha pousado ereta, praticamente no centro do alvo, apesar de um denso fog.

"Oleg Novitskiy disse para as equipes de busca e resgate que a tripulação estava se sentindo bem", disse a Nasa Television. "Tudo parece estar em ordem".

Devido à visibilidade baixa, foram necessários alguns minutos para que os helicópteros com as equipes russas de busca e resgate pudessem localizar a cápsula da Soyuz depois do pouso.

Preparando-se para a partida, o astronauta canadense Chris Hadfield assumiu o comando da estação espacial na quarta-feira, tornando-se o primeiro canadense a assumir o posto.

(Reportagem de Dmitry Solovyov)

(anaclaudiafonseca@hotmail.com)

Tudo o que sabemos sobre:
GERALESPACOSOYUZ*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.