Troca de tiros deixa cinco civis mortos no Iraque

Um troca de tiros entre tropas americanas e um grupo de homens armados, neste domingo, 2, resultou na morte de pelo menos cinco civis, entre eles três crianças, na cidade de Ramadi, oeste do Iraque, informaram fontes policiais do país. A cidade, que fica a 100 quilômetros de Bagdá, é um reduto da insurgência sunita. Com as novas mortes, sobe para 17 o número de pessoas que morreram em menos de 12 horas em vários incidentes no país. Outros incidentes Em um atentado isolado, seis pessoas morreram na explosão de uma bomba no sul de Bagdá, ao passo que outras duas perderam a vida ao serem atingidas por disparos das tropas americanas em uma região ao sudeste da cidade petrolífera de Kirkuk, 250 quilômetros ao norte de Bagdá. Outras quatro pessoas morreram na província de Saladin, terra natal do ex-presidente iraquiano Saddam Hussein, acrescentaram as fontes. Baixas também registradas no lado dos aliados. Um comunicado do comando militar americano informou, neste domingo, que quatro soldados dos Estados Unidos morreram em três operações não relacionadas no centro, no oeste e no norte do Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.