Troica enfrenta protesto em visita a Atenas

Representantes da troica - Banco Central Europeu (BCE), União Europeia e Fundo Monetário Internacional (FMI) - enfrentaram um protesto no primeiro dia de visita a Atenas. A troica vai analisar a implementação do programa de austeridade exigido em troca do resgate financeiro internacional oferecido ao país.

AE, Agência Estado

05 de novembro de 2013 | 11h21

Um grupo de funcionários públicos protestou em frente à sala onde as autoridades da troica estão reunidas com o ministro de Finanças da Grécia, Yannis Stournaras, gritando palavras de ordem contra as medidas de austeridade. Autoridades do ministério informaram que os manifestantes trabalham para um departamento do Ministério do Desenvolvimento que funciona no mesmo edifício onde a reunião é realizada, mas não entraram na sala.

A Grécia depende da ajuda internacional desde 2010. A atual rodada de negociação com a troica se concentra no tamanho do déficit orçamentário do país em 2014. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
gréciaprotestos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.