Tropa da Otan atira em ônibus e mata 4 civis afegãos

Tropas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) abriram fogo contra um ônibus repleto de civis hoje na região central do Afeganistão, provocando a morte de quatro passageiros. Pelo menos outros 10 civis ficaram feridos. O ataque ocorreu no distrito de Sayed Abad, localizado a cerca de 65 quilômetros ao sul de Cabul, após o veículo não ter parado ao sinal de um alerta de soldados da aliança atlântica, informou um porta-voz da Força de Assistência à Segurança Internacional da Otan (Isaf, na sigla em inglês).As tropas faziam uma patrulha a pé na área de uma importante estrada quando o ônibus passou a vir na direção dos soldados, afirma o comunicado da Otan. O veículo manteve a rota depois que as tropas dispararam tiros de advertência para o alto, depois atiraram contra o motor e, então, dispararam contra o ônibus, numa atitude de autodefesa, diz o documento.O governador da província de Wardak, Halim Fidai, havia dito, previamente, que o ônibus fora atingido em meio ao fogo cruzado entre forças norte-americanas e insurgentes. As forças da Otan, que não divulgaram a nacionalidade dos soldados envolvidos no incidente, disseram que a patrulha esteve sob fogo, mas que foi um acontecimento separado do ocorrido com o ônibus. Fidai disse que pelo menos 10 outros passageiros ficaram feridos. De acordo com o comunicado da Isaf, os feridos foram levados a hospitais próximos. Segundo o comunicado das forças militares da Otan, o incidente já está sendo investigado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.