Tropas afegãs e aviões dos EUA matam 70 rebeldes

Numa das batalhas mais sangrentas desde a queda do Taleban, tropas afegãs, com apoio de aviões americanos, mataram cerca de 70 rebeldes em combates que duraram um dia inteiro, perto da fronteira com o Paquistão, disseram autoridades militares. Um comandante afegão disse que as forças do governo ouviram mensagens de rádio em árabe e checheno, sugerindo que homens da Al-Qaeda estariam envolvidos.?Podíamos ouvir o inimigo?, disse o general Nawab. Apenas dois soldados afegãos foram mortos no confronto, uma indicação da vulnerabilidade dos rebeldes a ataques aéreos. O porta-voz americano major Rick Peat disse que os pilotos informaram ter visto de 40 a 50 corpos no campo de batalha. Diversos veículos destruídos também era visíveis.Nawab disse que os mortos seriam 70, alegando que os rebeldes arrastaram alguns corpos de volta para o território paquistanês. Apenas 10 cadáveres foram capturados, afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.