Tropas aliadas africanas assumem controle total de cidade na Somália

Local era último bastião de rebeldes extremistas islâmicos que lutam contra governo central somali

AE, Agência Estado

02 de outubro de 2012 | 10h36

NAIRÓBI, SOMÁLIA - As tropas aliadas africanas assumiram o controle da cidade portuária de Kismayo, sul da Somália, afirmou o Exército do Quênia nesta terça-feira. O local era o último bastião dos rebeldes extremistas islâmicos que lutam contra o governo central somali.

O Exército Nacional da Somália e as Forças Armadas quenianas estão com o controle da delegacia central de polícia e do aeroporto de Kismayo, afirmou o major Emmanuel Chirchir, porta-voz da Defesa do Quênia. Ele disse no Twitter que quando o aeroporto estiver seguro, aviões militares vão começar a pousar lá. A cidade era o último bastião dos extremistas islâmicos, que nos últimos anos chegaram a dominar grandes partes da Somália, incluindo a capital Mogadiscio.

Esquadrões antibomba detonaram explosivos plantados no aeroporto pelos rebeldes do grupo Al-Shebab, que são aliados da Al-Qaeda. As forças da União Africana estão ajudando o frágil governo da Somália a restaurar a ordem no país, que está em conflito desde 1991, quando chefes militares locais derrubaram a ditadura que então governava.

As informações são da Associated Press.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
SomáliatropasQuênia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.