Tropas da Etiópia são vistas na Somália

Nairóbi, 19 - Várias centenas de tropas etíopes cruzaram hoje o sul e centro da Somália, afirmaram anciões locais, mas o governo somaliano disse que os relatos "não são verdadeiros". "Há várias centenas de soldados etíopes aqui em caminhões e alguns veículos blindados também", disse o ancião Abdi Ibrahim Warsame, por telefone, na cidade de Gurel, na região de Galgudud, no centro da Somália.

Agência Estado

19 de novembro de 2011 | 14h03

Forças etíopes também foram vistas na cidade de Beletweyne, na região de Hiran, uma área contestada pelos rebeldes islamitas Shebab e a milícia pró-governo. "Os soldados etíopes estão aqui e chegaram em caminhões com muitas forças em Beletweyne", afirmou o ancião Ahmed Liban. "Os Shebab estão recuando, para longe deles."

"Isso não é absolutamente verdade, não há nenhuma tropa na Somália", disse a porta-voz do ministério de Relações Exteriores da Etiópia Dina Mufti. "As pessoas estão simplesmente especulando."

Num passado recente, relatos apontaram que um pequeno número de forças etíopes foi visto nas regiões de fronteira da Somália, mas testemunhas disseram que a escala dos movimentos de tropas foi muito maior desta vez.

Se os relatos forem confirmados, essa será a primeira incursão em grande escala da Etiópia desde que o país invadiu a Somália em 2006 com o apoio dos EUA.

A Etiópia se retirou três anos mais tarde, depois de não conseguir restaurar a ordem em seu vizinho, que não tem um governo operacional há duas décadas.

A região de Galgudud está amplamente sob o controle de uma milícia antishebab, chamada de Ahlu Sunna wal Jamaa, cujas facções têm laços estreitos com a Etiópia.

Segundo testemunhas, os soldados etíopes estavam até 50 quilômetros dentro da Somália nessa área. As informações são Dow Jones. (Clarissa Mangueira)

Tudo o que sabemos sobre:
EtiópiaSomáliatropas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.